Sobre o Portal 

Para muitos jovens deste início do século XXI, a sua personalidade, interações sociais e atividades
online são tão importantes quanto sua vida no mundo físico. Assim, os educadores precisam
reconhecer este fato e ajudar os jovens a desfrutarem ao máximo das oportunidades que as
tecnologias e mídias sociais online oferecem para desenvolverem competências essenciais – e,
principalmente, para se tornarem cidadãos responsáveis e reflexivos. 
 

A Web que queremos (Web We Want) foi lançada em fevereiro de 2013, no Dia da Internet Mais Segura, pela rede Insafe*, com este objetivo. Criado por jovens para jovens, o livro visa explorar direitos e deveres e incentivar a reflexão sobre o seu comportamento e o comportamento dos seus pares. 

Tal como a A Web que queremos (Web We Want) foi desenvolvida por jovens para jovens, também as aulas no manual Web We Want para educadores foram elaboradas por professores para professores na Europa e fora dela. Os planos de aula propõem ideias e atividades para incentivar os jovens a desenvolver competências criativas e de pensamento crítico, essenciais para uma vida realizada no mundo de amanhã. No Brasil, as duas publicações foram traduzidas pela equipe da SaferNet Brasil a convite da rede Insafe.

Todos os planos de aula estão alinhados com o  Quadro Europeu das Competências Digitais, que ajuda a identificar e a descrever competências baseadas nas TIC, de acordo com a abordagem do Quadro Europeu de Qualificações, e explicita as opções metodológicas que estão na sua base. Contacte-nos com as suas próprias sugestões de planos de aula e recursos para infowww@eun.org.

Sobre a Insafe

A Insafe é a rede europeia de sensibilização para uma Internet Mais Segura, cofinanciada pela Comissão Europeia. A rede é constituída por centros de divulgação nacionais, linhas de assistência e painéis de jovens em toda a União Europeia e é coordenada pela European Schoolnet. A Insafe visa capacitar os utilizadores para que beneficiem dos aspetos positivos da Internet, evitando os seus riscos potenciais. Estão disponíveis mais informações em www.betterinternetforkids.eu ou através de contacto para bik-info@eun.org.

 

Localize um centro de referência